Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Concluída pavimentação do acesso a Ubiretama, no Noroeste do RS

Ligação asfáltica reduz custos de escoamento da safra no município

Publicação:

Na foto está a estrada do acesso a Ubiretama. Dos dois lados da imagem, há uma ampla vegetação, com uma mistura de árvores e gramado.
Serviços tiveram investimento aproximado de R$ 7,4 milhões - Foto: Divulgação Daer
Texto: Liana Ramos Carvalho

Mais um município gaúcho entrou para a lista das comunidades com acesso asfaltado. Desta vez, é Ubiretama, na região Noroeste. A pavimentação está concluída nos 7,8 quilômetros que ligam a cidade até a BRS-392.

Executadas pelo Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) - vinculado à Secretaria de Logística e Transportes -, as obras contaram com investimento de aproximadamente R$ 7,4 milhões, oriundos do Tesouro do Estado e de financiamento do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

“Esse acesso municipal é mais uma meta cumprida dentro do Plano de Obras do Estado, trazendo conforto, progresso e melhores condições de trafegabilidade para os moradores de Ubiretama e região”, destaca o secretário Juvir Costella. “O nosso projeto é avançar cada vez mais, tirando do papel demandas requisitadas há anos pela população, favorecendo, dessa forma, o desenvolvimento econômico do Rio Grande do Sul”, acrescenta.

De acordo com o secretário municipal de Administração e Fazenda, Sedinei Rodrigo Steinmetz, a ligação asfáltica traz inúmeros benefícios a Ubiretama. “A obra é de grande relevância para a cidade, sendo esperada desde a emancipação, no ano de 1997”, ressalta. “Um ponto importante é a redução do custo do frete, tanto para o transporte dos cereais produzidos em nossa terra até moinhos e outras empresas quanto para os produtos que chegam ao comércio local", avalia.

A última etapa do trabalho na rodovia é a sinalização. “Em maio, começaremos a pintura do pavimento e a instalação das placas. A expectativa é de que em aproximadamente um mês o acesso esteja ainda mais seguro para os usuários transitarem”, destaca o diretor-geral do Daer, Luciano Faustino.

DAER-RS