Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Daer renova condições do acesso a Paim Filho, no nordeste do RS

Reparos na pista e sinalização devem ser concluídos ainda este mês

Publicação:

Imagem mostra máquinas realizando a compactação do novo asfalto
Intervenções na ERS-477 estão focadas nos pontos onde há maior deterioração do pavimento - Foto: Divulgação/Daer
Texto: Liana Ramos Carvalho

O Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) – vinculado à Secretária de Logística e Transportes – está finalizando a recuperação do acesso asfáltico a Paim Filho, no nordeste do Rio Grande do Sul. Os serviços ocorrem nos 2,73 quilômetros da ERS-477 que vão do perímetro urbano até o entroncamento com a ERS-126, em direção a Maximiliano de Almeida.

As obras integram o conjunto de ações do programa Avançar, do Governo do Estado, que destina mais de R$ 1,6 bilhão para a qualificação da malha rodoviária gaúcha.

Imagem mostra máquina realizado a aplicação do novo asfalto
Após a finalização dos reparos na pista, será executada a sinalização horizontal - Foto: Divulgação/Daer

“Estamos não apenas pavimentando novos acessos municipais como também renovando ligações asfálticas importantes para que as comunidades consigam se deslocar a outras regiões e transportar sua produção com eficiência e segurança”, afirma o secretário Luiz Gustavo de Souza. “Paim Filho é mais uma das cidades do nordeste gaúcho inseridas no nosso cronograma de obras e que estão usufruindo de melhorias na mobilidade”, complementa.

Iniciadas na segunda quinzena de maio, as intervenções na ERS-477 são focadas nos pontos em que foi identificado maior desgaste do pavimento.

“Começamos pelo mapeamento desses pontos críticos, que receberam reparos. Também está sendo removido o asfalto danificado, que será substituído por material novo”, explica o diretor-geral do Daer, Luciano Faustino. “A expectativa é de que, até a próxima semana, os usuários da rodovia já possam circular em uma pista íntegra, incluindo uma nova pintura das faixas de sinalização”, finaliza.

DAER-RS