Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Daer promove melhorias em 143 quilômetros na Fronteira Oeste

Conjunto de serviços é realizado em rodovias pavimentadas e de revestimento primário

Publicação:

Na foto, um caminhão e máquinas trabalham em obras de recapeamento na ERS-507, em Alegrete.
Cronograma de obras é realizado em cinco estradas da região, como a ERS-507, em Alegrete - Foto: Divulgação/Daer
Texto: Júlio Cunha Neto

O Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) deu início a uma série de melhorias em estradas da Fronteira Oeste do Rio Grande do Sul. A autarquia – vinculada à Secretaria Estadual dos Transportes – disponibilizou frentes de serviços em cinco vias da malha pavimentada e de revestimento primário na região.

As obras começaram há mais de uma semana e a maioria deve terminar até o fim de maio, se não houver incidência de chuvas. Na ERS-507, em Alegrete, as equipes realizam a renovação da capa asfáltica de um trecho de dois quilômetros, no acesso ao frigorífico. O corte da vegetação às margens será realizado na extensão total da rodovia, que é de oito quilômetros. A roçada também está sendo realizada na RSC-377, entre Alegrete e Manoel Viana, e nos 12 quilômetros da VRS-806, também em Alegrete.

O Daer iniciou, ainda, serviços de patrolagem e revestimento primário em 46 quilômetros da ERS-176, entre Manoel Viana e a ponte sobre o Rio Itu, e na ERS-566, que liga Alegrete à localidade de Mariano Pinto. O trabalho no trecho de 65 quilômetros deve levar mais um mês para ser concluído.

A foto mostra uma patrola passando pela ERS-566, que não é pavimentada.
Serviços integram os contratos de Conserva Rotineira dos 476 quilômetros administrados pela 9ª Superintendência Regional do Daer - Foto: Divulgação/Daer

“São vias importantíssimas para o escoamento da produção agropecuária da Fronteira Oeste”, destacou o secretário dos Transportes, Pedro Westphalen. “Esses serviços compõem uma série de investimentos que, juntamente com o governo do Estado e o Daer, estamos viabilizando na região e que incluem, ainda, a conclusão da nova Ponte do Caverá e o acesso municipal a Maçambará”, completa.

Os trabalhos integram os contratos de Conserva Rotineira de rodovias pavimentadas e não pavimentadas da 9º Superintendência Regional do Daer, com sede em Alegrete. No total, serão investidos R$ 6 milhões na manutenção dos 476 quilômetros administrados pela autarquia na região.

O diretor-geral do departamento, Rogério Uberti, afirma que, este ano, o modelo dos contratos de Conserva Rotineira de Rodovias foi reformulado para atender separadamente as estradas pavimentadas e as que possuem revestimento primário. “Contamos com 32 contratos distribuídos entre nossas regionais, sendo que cada empresa ficará responsável por um tipo específico de rodovia”, esclarece. “Isso permitirá darmos cobertura a mais de nove mil quilômetros de nossa malha viária, além dos dois mil já contemplados por nossos programas de recuperação asfáltica”, projeta.

DAER-RS